terça-feira, 19 de setembro de 2017

Com gol irregular, Vasco é superado pelo Corinthians

O Vasco da Gama entrou em campo neste domingo (17/09), diante do Corinthians, na casa do adversário, pelo Campeonato Brasileiro. O Cruzmaltino foi superado pela equipe paulista, pelo placar de 1 a 0, com um gol irregular marcado por Jô, que utilizou o braço para colocar a bola no fundo rede. 

O próximo compromisso do time de São Januário na competição nacional será diante do Sport, na próxima segunda-feira (25). A partida será disputada na Ilha do Retiro, às 20 horas.
image
Escudero em ação contra o Corinthians, neste domingo (17/09) - Foto: Nelson Costa/Vasco.com.br

O JOGO

Atuando longe de seus domínios, o Vasco marcou presença na área do Corinthians logo no segundo minuto de partida. O Cruzmaltino chegou ao ataque com Nenê, que deixou com Mateus Vital e recebeu em seguida. O meio-campista enfiou a bola na área para Madson, mas a redonda acabou saindo pela linha de fundo.

Aos seis minutos, os donos da casa responderam com velocidade. Romero carregou e deixou nos pés de Jadson, que acionou Rodriguinho dentro da área. O jogador corintiano finalizou mandando a bola à esquerda do gol de Martín Silva. Aos 13, a equipe adversária chegou pela direita, mas o zagueiro Breno apareceu para efetuar o corte.

image
Nenê em contra-ataque diante do Corinthians - Foto: Nelson Costa/Vasco.com.br


Em mais uma investida perigosa do Gigante da Colina, aos 16, Nenê recebeu de Mateus Vital e finalizou de fora da área. O goleiro Cássio espalmou e a defesa do Corinthians conseguiu afastar no rebote. Mais tarde, aos 32, Nenê cobrou escanteio e os corintianos se apresentaram para cortar. A sobra ficou nos pés do lateral-esquerdo Ramon, que chutou forte obrigando o camisa 1 adversário a espalmar mais uma vez.

Perto do fim da primeira etapa, quando o cronômetro marcava 39 minutos, o Vasco encontrou uma boa oportunidade no contra-ataque. Nenê avançou e arriscou um belo chute de fora da área. A bola acabou passando à esquerda de Cássio.

Na volta para o segundo tempo de jogo, aos seis minutos, o Corinthians chegou com perigo. Após uma enfiada de bola, Rodriguinho apareceu para finalizar de cara para Martín Silva, que efetuou uma bela defesa. A chance do Cruzmaltino surgiu aos 15, quando Mateus Vital chutou e a bola explodiu na marcação. Na sobra, Madson encontrou um bom cruzamento na área mas a defesa adversária afastou.

Aos 28 minutos, Marquinhos Gabriel avançou pela esquerda e cruzou. Jô usou o braço e completou para o gol. A arbitragem não invalidou o lance e o Corinthians abriu o marcador do placar na Arena: Corinthians 1 x 0. Na sequência, Nenê dominou pela direita e arriscou de fora da área, em um lance de perigo para o goleiro Cássio.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 1 X 0 VASCO DA GAMA
Campeonato Brasileiro- 24ª Rodada

Data/Horário: 17/09/2017, às 16h00
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO/CBF)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO/FIFA) e Cristhian Passos Sorence (GO/CBF)
Cartões amarelos: Romero (Corinthians)
Gols: Jô (28'/2ºT - Corinthians)

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Camacho, Maycon, Jadson (Marquinhos Gabriel), Rodriguinho e Ángel Romero; Jô (Kazim). Treinador: Fábio Carille.

VASCO: Martín Silva, Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Gilberto (Escudero), Jean (Eder Luis), Wagner, Mateus Vital e Nenê; Andrés Ríos (Paulinho). Treinador: Zé Ricardo.

domingo, 27 de agosto de 2017

Com grande atuação, Vasco vence o Fluminense no Maracanã

image
Anderson Martins arranca em direção ao ataque no clássico- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

No dia em que comemora 19 anos da conquista do título da Taça Libertadores, o Vasco da Gama mostrou quem é que manda no Maracanã. Com um golaço de Ramon, o Gigante da Colina bateu o Fluminense por 1 a 0 e voltou a vencer no Campeonato Brasileiro após cinco rodadas. O resultado fez o Cruzmaltino chegar aos 28 pontos e se aproximar da zona de classificação para a próxima edição da competição continental.

O JOGO

Sem fortes emoções! É dessa forma que pode ser resumido o início do clássico entre Vasco e Fluminense no Maracanã. As duas equipes trocaram passes e buscaram o ataque, mas a primeira grande chance só foi criada aos 20 minutos, pelo Gigante da Colina. Na ocasião, Nenê arriscou da intermediária, Júlio César espalmou e a bola sobrou para Andrés Ríos, que tocou para trás, onde estava Wagner. O camisa 8 pegou de prima, mas foi travado pela retaguarda tricolor. O lance seguiu e terminou com um arremate de Madson por cima da meta.
image
Momento exato no chutaço de Ramon que resultou no gol da vitória

A investida acordou o Almirante, que passou a se fazer mais presente no campo de ataque. Aos 31 minutos, o Vasco deu uma aula de contra-ataque e conseguiu abrir o placar. Tudo começou quando Mateus Vital roubou uma bola no meio-campo, avançou pela esquerda e deu um lindo lançamento para Andrés Ríos. Sem pensar duas vezes, o argentino rolou com categoria e Ramon, na entrada da grande área, soltou uma bomba na gaveta: VASCO 1 X 0.  Antes da etapa inicial acabar, Nenê bateu falta e obrigou o goleiro tricolor a fazer uma grande defesa.

Empatar a partida era o grande objetivo do Fluminense no começo do segundo tempo. Quem assustou primeiro, porém, foi o Vasco da Gama. Aos cinco minutos, Nenê puxou contra-ataque e deu um passe açucarado para Madson. O lateral-direito levantou a cabeça e devolveu para o camisa 11, que finalizou com perigo. Logo na sequência, aos nove, Nenê apareceu novamente, dessa vez chutando à direita de Júlio César. Pouco criativo, o Fluminense só chegou aos 15, quando Lucas cruzou e Gustavo Scarpa desviou para fácil intervenção de Martín Silva.
image
Nenê levou perigo no começo do segundo tempo- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O Gigante da Colina não se abalou com a chegada do clube das Laranjeiras. Aos 21, Nenê tabelou com Mateus Vital, serviu Andrés Ríos e viu o argentino chutar perto do gol. O Cruzmaltino finalizou novamente aos 24 e dessa vez com Mateus Vital parou em Júlio César. Atrás no marcador, o Fluminense foi com tudo para o ataque em busca do empate, mas não conseguiu furar o sistema defensivo vascaíno. O Vasco, por sua vez, teve a chance de ampliar aos 42, mas Paulinho finalizou em cima do camisa 1 rival.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 0 X 1 VASCO DA GAMA
Campeonato Brasileiro- 22ª Rodada

Data/Horário: 26/08/2017, às 16h00
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG/FIFA)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG/FIFA) e Sidmar dos Santos Meurer (MG/CBF)
Cartões amarelos: Lucas e Marlon Freitas (Fluminense); Gilberto, Jean, Madson e Wellington (Vasco)
Gol: Ramon, 31/1T (Vasco)

FLUMINENSE: Júlio César, Lucas (Matheus Alessandro), Henrique, Renato Chaves e Léo Pelé; Orejuela, Marlon Freitas (Peu), Wendel (Romarinho) e Gustavo Scarpa; Wellington Silva e Henrique Dourado. Treinador: Abel Braga.

VASCO DA GAMA: Martín Silva, Gilberto (Madson), Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean, Wellington, Wagner (Guilherme), Nenê (Paulinho) e Mateus Vital; Andrés Ríos. Treinador: Valdir Bigode.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Vasco empata com a Ponte Preta fora de casa pelo Brasileirão

O placar não saiu do zero no último compromisso do Vasco da Gama no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo (06/08), no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), o Gigante da Colina empatou em 0 a 0 com a Ponte Preta. Com o resultado, o Cruzmaltino chegou aos 24 pontos e encerrou a rodada na 12ª colocação, quatro pontos atrás do Sport, que fecha a zona de classificação para Taça Libertadores da América.

O JOGO

image
Paulo Vitor dribla marcador da Ponte Preta- Fotos: Nelson Costa/Vasco.com.br

O equilíbrio tomou conta da partida nos momentos iniciais do duelo. Mesmo atuando dentro de seus domínios, a Ponte Preta sofreu com a forte marcação cruzmaltina e não conseguiu levar muito perigo para a meta defendida por Martín Silva. A primeira oportunidade da Macaca foi criada apenas aos 16 minutos, quando Lucca cobrou escanteio e Rodrigo cabeceou por cima do gol. Bem postado defensivamente, o Vasco adotou a estratégia de apostar nos contra-ataques e assustou aos 23, em cobrança de falta de Mateus Vital.

Apoiada por sua torcida, a Ponte Preta se lançou ao ataque e se fez mais perigosa na segunda metade do primeiro tempo. Aos 31, Emerson Sheik foi lançado por Jéferson, girou para cima da marcação e chutou forte para uma espetacular defesa de Martín Silva. No lance seguinte, Lucca cruzou para a grande área, a zaga vascaína cortou mal e Marllon finalizou na direção do gol. O defensor só não balançou as redes porque Henrique apareceu e afastou o perigo com um providencial corte em cima da linha

image
Paulinho puxa jogada de ataque do Almirante- Fotos: Nelson Costa/Vasco.com.br

A Macaca seguiu pressionando e voltou a assustar, dessa vez quando o cronômetro apontava 37 minutos. Na ocasião, Sheik cruzou e Rodrigo testou para mais uma boa intervenção do uruguaio goleiro cruzmaltino. O ímpeto do adversário não diminuiu na etapa final. Logo em sua primeira investida, aos dois minutos, a Ponte assustou com Maranhão. O Vasco respondeu em cabeçada de Andrey, aos 10, e em arremate de Mateus Vital, aos 14. A partida esfriou e só esquentou em seu final, quando Rodrigo obrigou Martín Silva a fazer grande defesa em cobrança de falta.

FICHA TÉCNICA:
PONTE PRETA 0 x 0 VASCO DA GAMA
Campeonato Brasileiro- 19ª Rodada

Data/Horário: 06/08/2017, às 19h00
Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas (SP)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC/FIFA)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP/FIFA) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP/FIFA)
Cartões amarelos: Breno, GilbertoPaulinho e Wellington (Vasco); Rodrigo (Ponte Preta)

PONTE PRETA
: Aranha, Jeferson (Nino Paraíba), Marllon, Rodrigo e Danilo; Naldo, Elton e Renato Cajá (Léo Artur); Emerson Sheik, Maranhão (Saraiva) e Lucca. Treinador: Gilson Kleina.

VASCO: Martín Silva, Gilberto, Lucas Rocha, Breno e Henrique; Jean, Bruno Paulista (Andrey), Wellington e Mateus Vital; Paulinho (Thalles) e Paulo Vitor (Manga Escobar). Treinador: Milton Mendes.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Paulinho brilha, faz dois e Vasco vence Atlético/MG no Independência

image

Pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama mediu forças com o Atlético-MG neste domingo (23/07) no Estádio Independência. Apostando mais uma vez nas categorias de base, o Gigante da Colina venceu o Galo por 2 a 1 e chegou aos 23 pontos, subindo para a oitava colocação. Os gols do Cruzmaltino foram marcados pelo jovem atacante Paulinho, que é o atleta mais jovem a marcar no Campeonato Brasileiro.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Vasco acerta o retorno do zagueiro Anderson Martins


Confira a ficha técnica de Anderson Martins, novo reforço do Vasco:
Nome completo: Anderson Vieira Martins
Apelido: Anderson Martins 
Data de Nascimento: 21/08/1987 (29 anos) 
Local de Nascimento: Fortaleza (CE) 
Altura: 1,84m 
Posição: Zagueiro 

Clubes: 

2006-2010- Vitória (BA) 
2011- VASCO DA GAMA
2011- 2014- Al-Jaish-CAT 
2014- Corinthians 
2015- 2016- Al-Gharafa-CAT 
2016- 2017- Umm Salal-CAT 
2017- VASCO DA GAMA

Títulos e prêmios individuais: 

Campeonato Baiano nos anos de 2007, 2008, 2009 e 2010
Copa do Nordeste de 2010
Copa do Brasil de 2011
Melhor zagueiro do Campeonato Baiano de 2009
Melhor jogador do Campeonato Baiano de 2009
Melho zagueiro do Campeonato Carioca de 2011