segunda-feira, 29 de maio de 2017

Em jogo histórico, Vasco bate Fluminense de virada em São Januário

Em um jogo histórico em São Januário, o Vasco venceu, de forma emocionante, o Fluminense por 3 a 2. Com uma virada espetacular e apoiado por sua imensa torcida mais uma vez grande número, o Gigante da Colina chega a sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro. Os gols vascaínos foram marcados por Luis Fabiano, Manga Escobar e Nenê. Henrique Dourado, duas vezes de pênalti, marcou para o adversário. O próximo jogo dos vascaínos será contra o Grêmio, dia 4, às 16 horas, na Arena do Grêmio.

image
Luis Fabiano marcou de cabeça o primeiro gol do Vasco - Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O JOGO
O primeiro tempo foi muito melhor para o Vasco, que dominou as ações e criou grandes oportunidades de gols. A equipe do Fluminense apostou nos contra-ataques e pouco assustou o Gigante da Colina.

O primeiro gol vascaíno aconteceu aos 25  minutos. Na primeira tentativa em jogada pela direita, Gilberto colocou a bola na área, Luis Fabiano raspou e a bola sobrou para Yago Pikachu, que dominou e cruzou novamente na área para Fabuloso marcar de cabeça. Vasco 1x0 Fluminense. 

image
Manga Escobar entrou no segundo tempo para decidir o jogo - Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

No segundo tempo, as duas equipes voltaram sem mudanças. Precisando do resultado, o adversário foi para cima do Vasco. Aos 12 minutos, a arbitragem marcou pênalti para o Fluminense, e Henrique Dourado não desperdiçou. Pouco tempo depois, nova penalidade marcada para o tricolor e o atacante rival fez o segundo gol, virando o placar.

O técnico Milton Mendes fez mexidas importantes, colocando Nenê e Manga Escobar na partida. Aos 29 minutos, o colombiano realizou grande jogada pela esquerda, limpou a marcação com muito estilo e bateu no cantinho, deixando tudo igual. 

O Fluminense começou a valorizar a bola com muitos toques. Impulsionado por seus torcedores, o Vasco tentou em algumas oportunidades, mas não conseguiu furar o bloqueio de Diego Cavalieri. Até que, aos 48 minutos, em mais uma grande jogada de Manga Escobar, Nenê recebeu livre pela esquerda e chutou cruzado para marcar o gol da virada do Gigante da Colina em São Januário: 3 a 2!

image
Nenê comemora com Douglas o gol da vitória - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

FICHA TÉCNICA – VASCO 3X2 FLUMINENSE
Competição: 3ª Rodada do Campeonato Brasileiro 2017
Local: São Januário, Rio
Data: 27 de maio de 2017
Horário: 16h (Horário de Brasília)
Público presente: 20.442 / Pagantes: 19.082 
Renda: R$700.560,00
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Cartões amarelos: Jean e Luis Fabiano (Vasco) / Douglas e Marquinho (Fluminense)
Gols: Luis Fabiano (25'/1º Tempo), Manga (25'/2º Tempo) e Nenê (48'/2º Tempo) - Vasco / Henrique Dourado (13'/2º Tempo e 19'/2º Tempo) - Fluminense
VASCO: Martín Silva; Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Jean, Douglas, Yago Pikachu (Nenê), Mateus Vital (Muriqui) e Kelvin (Manga); Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes. 
Fluminense: Diego Cavalieri; Lucas (Marcos), Nogueira, Henrique e Léo; Orejuela, Douglas (Marcos Junior), Wendel e Gustavo Scarpa (Marquinho); Richarlison e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga. 

image

terça-feira, 23 de maio de 2017

Com show da torcida, Vasco vence Bahia em São Januário

Com presença marcante da torcida, o Vasco venceu o Bahia, por 2 a 1, na manhã deste domingo (21/05), em São Januário. A primeira vitória vascaína no Campeonato Brasileiro foi construída no segundo tempo com gols de Yago Pikachu e Luis Fabiano, que chegou ao 400º gol de sua carreira. Gustavo descontou para os baianos. No próximo sábado (27/05), o Gigante da Colina encara o Fluminense em casa, às 16 horas, pela terceira rodada da competição nacional. 

image
Yago Pikachu em momento de comemoração do primeiro gol - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O JOGO

O primeiro tempo foi todo do Vasco em São Januário. Com domínio completo das ações, o Gigante da Colina criou grandes oportunidades, mas parou no goleiro Jean, que fez defesas importantes para o Bahia. 

Aos 7 minutos, o time da casa chegou em jogada de bola parada. Douglas levantou na área, e Luis Fabiano apareceu bem para cabecear para a defesa do camisa 1 adversário. Pouco tempo depois foi a vez de Kelvin colocar velocidade pela esquerda e cruzar na área para o camisa 9 vascaíno chutar forte, mas parar novamente no goleiro baiano.
image
Zagueiro Paulão fez a sua estreia pelo Vasco - Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Apostando em jogadas rápidas pelas laterais, Gilberto em grande lance pela direita, driblou marcadores, chutou forte e a bola foi para fora após desvio muito perigoso. O Cruzmaltino foi superior durante toda a primeira etapa, mas não conseguiu abrir o placar.

Na volta para a segunda etapa, o Vasco se manteve forte no ataque. Aos 8 minutos, Martín Silva cobrou tiro de meta, Luis Fabiano dominou e tocou na medida para Yago Pikachu, que com categoria, abriu o placar para São Januário. A pressão vascaína na partida resultou no gol de Luis Fabiano aos 29 minutos. Em jogada de Gilberto pela direita, Kelvin tenta marcar, o goleiro Jean faz a defesa e, no rebote, Luis Fabiano não perdoou e aumentou a vantagem dos vascaínos: 2 a 0. 

Após o segundo gol, o adversário foi par o tudo ou nada e descontou aos 37 minutos, em chute cruzado de Gustavo. Apesar da pressão do Bahia no fim, o Gigante da Colina soube administrar bem o resultado e garantiu a primeira vitória no Campeonato Brasileiro.
image
Mostrando muita disposição, Luis Fabiano foi um dos destaques do Vasco - Foto: Paulo Fernandes/Vasco

FICHA TÉCNICA – VASCO 2X1 BAHIA
Competição: 2ª Rodada do Campeonato Brasileiro 2017
Local: São Januário, Rio
Data: 21 de maio de 2017
Horário: 11h (Horário de Brasília)
Público presente: 19.030 / Pagantes: 17.770   
Renda: R$ 649.110,00
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)
Cartões amarelos: Jean,, Luis Fabiano, Martín Silva e Gilberto  (Vasco) / Gustavo e Armero (Bahia)
Cartão vermelho: Armero (Bahia)
Gols: Yago Pikachu (08'/2º Tempo) e Luis Fabiano (29'/2º Tempo) / Gustavo (37'/2º Tempo) - Bahia
VASCO: Martín Silva; Gilberto, Rafael Marques (Breno), Paulão e Henrique; Jean (Bruno Cosendey), Douglas; Yago Pikachu (Wagner), Mateus Vital e Kelvin; Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes. 
Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Éder, Tiago e Armero; Edson, Matheus Sales (Edigar Junio), Juninho e Diego Rosa (Zé Rafael); Gustavo e Maikon Leite (Allione). Técnico: Guto Ferreira.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

90 ANOS DE SÃO JANUÁRIO


Os 90 anos de São Januário, que serão completados na próxima sexta-feira, estarão presentes nas novas camisas do Vasco para a temporada 2017.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Vasco bate Botafogo e conquista o 10º título da Taça Rio de sua história

image
Jogadores vascaínos levantam a Taça Rio- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Com show da torcida vascaína, o Vasco venceu o Botafogo, por 2 a 0, no Estádio Nilton Santos. Os gols foram marcados por Douglas e Luis Fabiano, que desencantou e garantiu o 10º título da história da equipe da Taça Rio. Atual bicampeão Carioca, o Gigante da Colina segue firme e forte na luta pelo Tri. O próximo desafio é o confronto contra o Fluminense, pela semifinal do Estadual.

O JOGO

image
Henrique supera a marcação de Sassá no primeiro tempo

Logo no primeiro minuto, o Botafogo chegou forte no ataque em cabeçada de Sassá. Apesar do susto inicial, o Gigante da Colina não demorou para responder. Aos cinco minutos, Douglas puxou contra-ataque e deixou para Luis Fabiano, que finalizou à esquerda do gol de Helton Leite. Após uma pressão inicial do alvinegro, os vascaínos equilibraram a partida e começaram a chegar mais no ataque.

Com uma forte marcação do Botafogo, Andrezinho e Henrique arriscaram chutes de longa distância, mas sem sucesso. Douglas, aos 19 minutos, esboçou talento e entrou driblando dois marcadores na área, mas o chute cruzado não foi forte. O clássico ficou muito truncado e faltoso a partir da metade do primeiro tempo tempo. Em outra bola aérea, aos 38 minutos, Bruno Silva obrigou Martín Silva a fazer grande defesa para salvar o Vasco e garantir o 0 a 0 no placar.
image
Luis Fabiano cabeceia com perigo na etapa final do clássico

No segundo tempo, o Cruzmaltino voltou com outra postura, pressionando no setor ofensivo e não dando espaços para o Botafogo. Aos oito minutos, Gilberto lançou na área, e Luis Fabiano cabeceou com muito perigo!
O técnico Milton Mendes colocou Guilherme no lugar de Andrezinho e deu mais mobilidade a equipe. No primeiro lance do jovem, o meia armou um salseiro na zaga alvinegra, quase marcando o primeiro. Na sequência, Guilherme fez boa jogada pela esquerda e sofreu falta de Marcelo, que recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso da partida.
image
Prata da casa Douglas comemora o primeiro gol da partida

Apesar do sufoco e do jogo estar encaminhando para os pênaltis, aos 41 minutos, Nenê cobrou escanteio na área, a bola sobrou para Douglas e ele não desperdiçou. Relembrando os tempos de base, quando era acostumado a balançar as redes contra o Alvinegro, o jovem chutou firme para abrir o placar: VASCO 1 x 0. Na sequência, em contra-ataque fulminante, Manga deixou Luis Fabiano livre para desencantar e marcar o segundo, garantindo o título: VASCO 2 x 0!
FICHA TÉCNICA – VASCO 2X0 BOTAFOGO
Competição: Final da Taça Rio 2017
Local: Estádio Nilton Santos
Data: 16 de abril de 2017
Horário: 16h (Horário de Brasília)
Público presente: 20.469 / Pagantes: 17.969  
Renda: R$ 532.900,00
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Jackson Lourenço Massarra dos Santos
Cartões amarelos: Yago Pikachu, Rodrigo, Rafael Marques, Guilherme e Douglas (Vasco) / Matheus Fernandes, Bruno Silva, Marcelo, Dudu Cearense e Fernandes (Botafogo)
Cartão vermelho: Marcelo e Bruno Silva (Botafogo)
Gols: Douglas e Luis Fabiano (Vasco)
VASCO: Martín Silva; Gilberto, Rafael Marques, Rodrigo e Henrique (Wagner); Jean, Douglas Luiz, Andrezinho (Guilherme), Yago Pikachu (Manga) e Nenê; Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes. 
Botafogo: Helton Leite; Marcelo, Renan Fonseca, Igor Rabello e Gilson; Bruno Silva, Dudu Cearense, Matheus Fernandes e Leandrinho (Pachu); Guilherme (Fernandes) e Sassá (Vinicius Tanque). Técnico: Jair Ventura.
image
Luis Fabiano vai para torcida após balançar as redes- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

domingo, 9 de abril de 2017

VASCÃO EMPATA COM O URUBÚ E SE CLASSIFICA PARA A FINAL DA TAÇA RIO 2017

Após dois anos, Vasco e Flamengo voltaram a fazer mais um duelo do Clássico dos Milhões no Maracanã. Em partida realizada neste sábado (08/04), pela semifinal da Taça Rio, o Cruzmaltino empatou, sem gols, com o Rubro-Negro e garantiu a classificação por ter tido a melhor campanha na competição. O Gigante da Colina aguarda o vencedor de Botafogo e Fluminense, que se enfrentam neste domingo (09/04), no Nilton Santos. 

image
Muriqui teve duas grandes oportunidades no primeiro tempo- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O JOGO

O Clássico dos Milhões começou muito truncando no meio de campo. Com poucos espaços, ambas as equipes procuravam as jogadas de lançamento, mas sem muita eficácia. A primeira chance do Vasco veio dos pés de Nenê aos cinco minutos. O meia cobrou falta da intermediária, mas a bola parou nas mãos de Alex Muralha. 

Aos sete, o time cruzmaltino chegou mais uma vez. Após cruzamento rasteiro de Gilberto, Yago Pikachu, livre dentro da grande área, acabou chutando para fora. Ainda antes da parada técnica, o Almirante teve a melhor jogada na etapa inicial. A equipe vascaína trocou passes no campo de ataque até que Muriqui recebeu, entrou na área pelo lado esquerdo de ataque e chutou no canto, tirando de Muralha, mas a bola foi para fora.

image
Nenê em ação contra o Flamengo na semifinal da Taça Rio- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Do outro lado, o Flamengo pouco levou perigo ao gol de Martin Silva. O Rubro-Negro chegou através de cobranças de faltas perto da área, mas não teve grandes oportunidades. Com a partida pegada até os 45 minutos finais do primeiro tempo, as equipes foram para o vestiário sem alterar o placar no Maracanã. 

A etapa complementar começou mais movimentada. Precisando da vitória, o Flamengo buscava mais o jogo e começou a dar espaços para o Vasco. Aos quatro minutos, o Cruzmaltino saiu em contra-ataque puxado por Nenê. O meia deu passe em profundidade para Muriqui, que cruzou rasteiro, mas a zaga afastou. 

O Vasco tentou buscar as jogadas de contra-ataque, mas pecou no último passe. O Flamengo chegou algumas vezes ao gol de Martin Silva, mas o goleiro se destacou com grandes defesas. Com o empate em 0 a 0, o Cruzmaltino garantiu a classificação para a final da Taça Rio.
FICHA TÉCNICA - VASCO 0X0 FLAMENGO
Competição: Semifinal da Taça Rio 2017
Local: Maracanã
Data: 8 de abril de 2017
Horário: 18h30 (Horário de Brasília)
Público presente: 24.616
Pagantes: 21.895
Renda: R$ 932. 070, 00
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães 
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Michael Correia
Cartões amarelos: Rodrigo, Martin Silva e Andrezinho (Vasco)/ Gabriel e Willian Arão (Flamengo)
VASCO: Martin Silva; Gilberto, Rodrigo, Rafael Marques e Henrique; Jean (Julio dos Santos), Douglas, Yago Pikachu, Nenê e Andrezinho (Kelvin); Muriqui (Wagner). Técnico: Milton Mendes.
Flamengo: Alex Muralha; Rodinei (Ronaldo), Donatti, Rever e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Diego, Gabriel (Leandro Damião) e Mancuello (Berrío); Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.